Notícias

Lenovo supera expectativas e lucro líquido mais que dobra no 2º trimestre fiscal - (BR)

   

Empresa tecnológica conquista U$ 53 milhões de lucro e comemora bom desempenho

São Paulo, 06 de novembro de 2009: A Lenovo, uma das maiores fabricantes de computadores do mundo, registrou um lucro líquido de U$ 53 milhões entre julho e setembro de 2009, o que representa mais que o dobro ante os U$ 23,4 milhões do mesmo período de 2008. 

“Estamos muito satisfeitos com os resultados, principalmente porque foi obtido por meio de planejamento estratégico e cumprimento de compromissos e prazos. Além disso, identificamos nossas fraquezas; capitalizamos os nossos pontos fortes e trabalhamos muito todos os dias para melhor e superar nossos objetivos”, diz Yuanqing Yang, Chief Executive Officer da Lenovo.

A receita da empresa totalizou U$ 4,1 bilhões no segundo trimestre, pouco abaixo dos U$ 4,3 bilhões do ano anterior, mas uma alta de 19% frente ao primeiro trimestre, devido à retomada da demanda mundial de computadores. Na comparação anual, só o volume de vendas de PCs cresceu 17% no segundo trimestre fiscal.

Os mercados considerados maduros, como Austrália/Nova Zelândia, Israel, Japão, América do Norte e Europa Ocidental, somaram US$ 1,5 bilhão e representaram 36% da vendas globais da Lenovo no período. Já os mercados emergentes, totalizaram US$ 618 milhões, 15% da receita da companhia, com destaque principalmente para países, como: Brasil, Rússia e Turquia.

A Lenovo na China - que representa quase metade das vendas globais da companhia e respondeu por 49% do faturamento, pouco acima dos 48% registrados no trimestre anterior - obtiveram um aumento de 28% nas vendas deste período, comparadas aos do ano anterior.

“A inovação é indispensável ao nosso negócio e vamos continuar focados nos investimentos em produtos, serviços e mercados. Nossas equipes estão executando com consistência e nossa empresa está se tornando mais forte, mais rápida e eficiente”, conclui Yang.